Reforma trabalhista – Patroa cobra de funcionários por água consumida na empresa





Com as novidades da nova lei trabalhista a empresária Jane Dimas que hoje emprega mais de 300 funcionários com salários baixíssimos viu uma brecha para lucrar ainda mais.

“Eu privatizei a água no escritório! Agora os funcionários pagam R$ 5,00 no copo de 200 ml de água, assim evitamos desperdícios, antes muitas mulher principalmente usavam a água servida para fazer chá, isso atrapalhava o ritimo de trabalho e gerava prejuízos absurdos!” Declara Jane.

A empresária é investigada também por pagar salários abaixo da categoria e por gritar com funcionários na frente de todos.




Esses são os retrocessos da nova lei.

Todos contra o fim da CLT! Avante Brasil. Fora Temer.

Se você apoia Lula presidente do Brasil então curta: Lula 2018 no Facebook!



You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *